X

Notice: Stay Home, save lives!

Dicas

Para atingir um nível de conhecimento bom numa língua, você deve praticar as 4 habilidades a seguir: fala, escuta, leitura e escrita. Ao realizar um intercâmbio linguístico, você estará praticando a fala e a escuta, enquanto que, com um penpal, você estará praticando a leitura e a escrita.
 

Escrevendo aos penpals

Aqui vão algumas dicas para você se corresponder com um penpal:

  • Escreva metade de sua mensagem na sua língua nativa e metade na língua do seu penpal
  • Se você estiver respondendo a uma mensagem, você deve também corrigir os erros cometidos pelo seu penpal


Divertir-se

Um ingrediente importante ao se aprender um novo idioma é se divertir. As pessoas se lembram melhor das coisas que foram aprendidas de forma divertida ou durante uma experiência agradável. Então é importante que você encontre um parceiro linguístico que tenha senso de humor e interesses similares aos seus. Um parceiro de intercâmbio de conversação pode também ser um parceiro de outras atividades. Vocês podem ir à academia juntos, a exibições, shows etc. Quanto maior for sua exposição a ambientes diferentes, maior será sua compreensão da sua segunda língua. Da mesma forma, é bem mais fácil se recordar de uma palavra ou expressão, quando ela foi ouvida num lugar específico enquanto você fazia algo além de conversar.


Conversas na internet

Se você não conseguir encontrar um parceiro na sua região, você poderá conversar por meio da internet. Tudo de que você e seu parceiro precisam é um computador com conexão à internet e um microfone. Há diversos aplicativos que podem ser úteis para isso, como o Skype e o Windows Messenger. Você pode usar a nossa barra de buscas para encontrar membros que ficarão contentes em conversar com você usando um programa de chat.


Expressões coloquiais

Muitas pessoas têm a falsa ideia de que, se você entende a gramática, você automaticamente tem um bom domínio do idioma como um todo. Nada poderia estar mais longe da verdade! Gramática é importante, mas há muito mais numa língua que isso. Se você quiser falar como um nativo, você deve aprender o máximo de frases faladas possível. Frases como: "Pera aí", "Que que tem?", "Gosto é igual nariz" devem fazer parte do seu vocabulário. Por quê? Porque a gramática não consegue ajudar ninguém nisso.